Raio-X: DJ Glen

1601023_10152891848950166_2572633705045457885_n

Local de nascimento e onde vive atualmente?
Sou natural de Americana, no interior de Sao Paulo, morei 3 anos no Rio e agora estou voltando a fixar residência na minha cidade natal.

Sabemos que está em uma nova fase, em novo endereço, nova cidade) rola nos contar as novidades e o que vem por ai?
Estamos em uma fase de planejamentos e pensamento no futuro. Acabamos de lançar nossa gravadora, estamos envolvidos em eventos com a família do próprio Club 88 e temos alguns planos de viagens à fazer antes de darmos início à perpetuação da espécie humana. :p

Que ano começou a tocar e como se iniciou a sua carreira?
Comecei a tocar muito cedo, com aproximadamente 14 anos de idade (15 anos atrás), mas era nada mais que um job de adolescente, na época era difícil enxergar a profissão dj como algo que fosse me realizar como hoje vejo.

Você é vive com a Nana Torresque também é DJ, como é ser casado com uma pessoa que divide a mesma profissão que você?
É muito bom e muito justo. A gente consegue ficar quase o tempo todo junto, enfrentamos os mesmos tipos de desafios, nos ajudamos bastante e tem a sincronia dos horários das folgas e maratonas de fim de semana. Ainda temos a sorte de conseguir interseccionar os estilos que gostamos pra produzir juntos ou até mesmo viajar e fazer b2b quando possível.

Qual DJ sonhava dividir a cabine e dividiu? Qual ainda sonha?
Depende da época, tenho muitos ídolos que pessoas que admiro que adoraria dividir a cabine ou algumas horas em estúdio. Considero momentos marcantes em estúdio pra mim quando produzi com Danny Daze, Ali Love, Doctor Dru e Click | Click. Dividindo as picapes foi marcante meu B2B com Deejay Mau Mau, Aquarius Heaven (semana passada) e Ali Love. Foi muito legal ter remixado e feito umas compras em Berlin com Dj Hell.

Você divide a sua carreira de DJ com alguma profissão?
Eu nunca tive uma profissão que não fosse relacionada à ser DJ. Mas já é sabido que um dj pra se destacar hoje em dia ter que ser uma lista de coisas como, produtor, marketeiro, hacker, músico, cantor, celebridade virtual, político, promoter, engenheiro de áudio, comerciante, logístico, designer e um cara que está em todos os lugares ao mesmo tempo, quando cansa precisa tirar umas férias boas!

Qual fato mais surreal que já te ocorreu tocando?
Caramba, vou citar o primeiro que lembrar. Tocando no Rio uns 2 anos atrás chega um gordinho do meu lado e começa conversar, nem vi muito bem quem era e continuei conversando, logo reparei que algumas pessoas estavam me olhando de uma forma esquisita, de repente vejo o gordinho esculachando um amigo meu que tirou uma foto dele, mas tudo bem, achei normal e continuei conversando com o cara que tinha ido me ver tocar. Depois de um bom tempo achei que conhecia aquele cara de algum lugar e pensei, naaaaoo, não é possível que seja ele, aí veio a Nana e cochichou no meu ouvido, e aí Glen, tá se dando bem com o Ronaldo?
Porra! Segurar a emoção e continuar a conversa foi difícil, mas ainda estou esperando ele me ligar pra marcar as aulas de dj do filho dele. Vou citar outra aqui que também emocionou: fui tocar em Paris pela primeira vez e isso já era emoção suficiente, quando do meio da pista surge um cara com um vinil meu pedindo pra ser autografado. Registrei o momento e chegando em casa mostrei pro meu vô, que chorou feito uma criança quando viu.

O que estava ouvindo quando respondeu as nossas perguntas?
As músicas novas que tinha acabado de baixar pra tocar sexta. E para terminar de forma fofa: nós adoramos animais, você tem um de estimação? Se sim, manda foto pra gente? O Dino já é conhecido do Clubinho, um Golden Retriever que é querido como um filho pra família e amigos.


Playlist criada por ele para o nosso Raio-X. Vem ouvir!